• Marco Duboc

  • Karla Tonet

  • Produzido por

  • WP3.Cinema

O filme mostra a vida de Gustavo Orbe (Marco Duboc), um jovem rico, mas que anseia outros valores. Seu pai, antes de morrer, pede que ele vá em busca de Monte Carmel. Gustavo sai, então, à procura dos pedaços perdidos de sua infância. Quando chega ao vilarejo Monte Carmel, conhece pessoas muito especiais. Uma delas é o patriarca do lugar, Vô Carmel (Luthero de Almeida), um velho senhor de bondade singular. Seus moradores vivem como antigamente. Para eles, a família é preciosa. A vila é encantadora, repleta de paisagens bucólicas e com muitos mistérios a serem revelados. As terras férteis fazem brotar em abundância os belos parreirais de uva. Esse lugar mágico, por alguma razão, ilumina o coração de Gustavo.

Sinopse

  • Clara

  • Gustavo Orbe

  • Antônio

  • Vô Carmel

  • Amélio Ferreira

  • Álvaro

  • Victório

  • Mário

  • Mohamed

  • Medahat

  • Ernesta

  • Ana

  • Jacob

  • CLARA/Karla Tonet

    Clara nasceu e sempre viveu em Monte Carmel. Uma comunidade isolada, com regras e tradição próprias. Por conta disso, Clara é a personificação da pureza perene, seus olhos traduzem seu amor por tudo e por todos que a cercam. Clara foi criada por uma das famílias que habitam o lugar. Colher flores e zelar pelo templo sempre foram os trabalhos dela.


    Romântica e sonhadora, nunca se interessou pelos pretendentes fascinados por sua beleza, simpatia, discrição e meiguice. A chegada de Gustavo (Francisco) em Monte Carmel enche seu coração de alegria.

  • GUSTAVO/Marco Duboc

    Gustavo é um homem de trinta e poucos anos, filho do recém-falecido Mário Orbe, homem influente que ficou milionário com a exploração de minério. Gustavo nunca se interessou verdadeiramente pelos negócios do pai. Sempre teve seu coração em algum lugar distante, o qual, apesar de ansiar, desconhece.


    Sua primeira infância é formada apenas por imagens turvas. Gustavo sempre buscou refúgio nas teclas de seu piano. Seus sentimentos e pesadelos deixam-no incerto se são sonhos ou lembranças.


    Sensível e melancólico, ele satisfaz a vontade do pai estando sempre presente, apesar de sentir-se preso como um pássaro engaiolado na suntuosa mansão paterna. Com a morte do pai, finalmente põe-se na estrada para conhecer Monte Carmel, lugar místico cujo nome lhe foi revelado nas últimas palavras de Mário Orbe.

  • ANTÔNIO/Valdir Fernandes

    Antônio é um importante teólogo que lecionou nas maiores universidades do mundo. Após ter sido curado de uma doença muito grave em Monte Carmel, resolve doar todos os direitos de suas obras e ficar definitivamente no lugar.


    Antônio tem grande apreço por Vô Carmel e por todos os moradores. Ao contracenar com Gustavo (Marco Duboc), podemos sentir a força dramática deste teólogo fascinante.

  • VÔ CARMEL
    /Luthero de Almeida

    No filme “O Monte Carmel”, como o próprio nome sugere, Vô Carmel é personagem central. Descendente de família judaica, ele traz dentro de si grande sabedoria e faz de Monte Carmel um lugar inusitado. A carga dramática que Luthero de Almeida imprime em Vô Carmel engrandece enormemente este filme rodado com tanto respeito.

  • AMÉLIO FERREIRA
    /Joaquim Miguel

    Governante da casa de Mário Orbe até 1985, Amélio Ferreira sentiu-se traído ao ser dispensado do cargo e da amizade, o que o levou a um estado de miséria e alcoolismo. Amélio cultiva um grande rancor por Mário Orbe por sempre ter sido fiel até nas maiores falcatruas perpetradas por seu patrão e ter sido tratado dessa maneira. Com a morte de Orbe, é ele quem fala aos empregados da família o que é e onde fica Monte Carmel. Os segredos que ele carrega serão mantidos para sempre em seu íntimo.

  • ÁLVARO/Edson Rocha

    Falar de Álvaro é falar de um homem no mínimo notável. Ele traz dentro de si todo o fascínio que envolve este lugar tão místico. Álvaro estudou medicina e obteve médias nunca alcançadas antes por outro acadêmico. Interessante é que ele não foi à própria colação de grau. Álvaro tem um papel fundamental no filme; ele é o elo entre a ciência, a fé e a razão. Sua medicina está muito acima do que vemos costumeiramente. Muitas são as histórias de curas acontecidas em Monte Carmel.

  • VICTÓRIO/Alexandre Helffer

    Ele nasce prematuramente com o imenso baque que sua mãe tem ao deparar-se com o rapto de seu filho Francisco (Gustavo Orbe). O que poderia ser impossível torna-se um milagre. Ele sobrevive e carrega consigo uma simplicidade genuína que o torna capaz de conversar com os animais e de trazer alegria ao coração de todos em Monte Carmel.

  • MÁRIO ORBE/João Reis

    A ganância desmedida nunca permitiu que ele percebesse a grandeza de Gustavo. Sua vida foi voltada aos contingentes nesta breve passagem por este mundo. Somente em seu leito de morte parece ter um rompante de iluminação e suas derradeiras palavras são destinadas a seu único filho, Gustavo Orbe, que procura Monte Carmel.

  • MOHAMED
    /Antônio Sérgio Buznardo

    Embora seja em uma cena breve, sua participação é de rara beleza e importância, razão pela qual acatamos a indicação de Luthero de Almeida de trazer Antônio Sérgio Buznardo para este papel. Sua formação de teatro em Paris e os anos dedicados ao tablado encheram de alegria a equipe do filme.

  • MEDAHAT/Medahat Abd El Aziz

    Ator e diretor de teatro, Medahat trouxe grande contribuição para o filme “O Monte Carmel” por codirigir a cena em que ele e Mohamed, seu pai, participam da festa da colheita. Sua infância é permeada pelas brincadeiras com Álvaro Carmel e com outros meninos. A uva para ambos é um presente inestimável de Deus.

  • ERNESTA/Caroline Rosa

    Ernesta é o anjo da guarda de Gustavo. Ao longo dos anos, acompanhou e chorou com os pesadelos intermináveis desse menino considerado por ela seu próprio filho. Talvez tenha sido essa a única razão para nunca ter deixado a mansão Orbe.

  • ANA/Helena Portela

    É ela quem conta para Gustavo, durante a carona da pousada em que trabalha até Paradouro, cidade próxima de Monte Carmel, os mistérios e belezas deste lugar que vai mudar a vida de Gustavo.

  • JACOB/Luiz Claudio Izidio

    Jacob tem em Monte Carmel a incumbência de professor. É muito querido e amado por todos da cidade.

Personagens

Estrelando

Gustavo Orbe ........... MARCO DUBOC

Clara ........................ KARLA TONET

Vô Carmel ................ LUTHERO DE ALMEIDA

Álvaro Carmel ........... EDSON ROCHA

Antônio ..................... VALDIR FERNANDES

Victório Carmel .......... ALEXANDRE HELFFER

Medahat .................... MEDAHAT ABD EL AZIZ

Ana ........................... HELENA PORTELA

Mário Orbe ................. JOÃO REIS

Ernesta ...................... CAROLINA ROSA

Mohamed ................... SÉRGIO BUZNARDO

Jacob .................. LUIZ CLÁUDIO IZÍDIO



Coestrelando

Ator convidado ................. PAULINHO CALDERARI

Seo Marco ................. ELUZIR SAMPAIO

Júlio ................. LAIR JR.

Guedes ................. ASSIS RICARDO

Amélio Ferreira ................. JOAQUIM MIGUEL

Sen. Madeira ................. WANDERLEY DE BAIRO

Avó Carmel ................. SOLANGE BUENO

Eustáquio ................. SÉRGIO ZANDONÁ

Eduardo Palhares ................. MARIO JACO HANSEN

Repórter ................. RAQUEL MORAES

Menina de Carmel ................. MARIA CLARA PILATTI

Menino de Carmel ................. MATEUS GUIMARÃES

Menino de Carmel ................. GABRIEL VERONESE

Médico ................. JORGE LUIZ DOS SANTOS

1º Gustavo ................. EMANUEL ORUBIZICK

2º Gustavo .......... NICOLAS ALIANDRI ESPINOLA TIANI

3º Gustavo ................. EDUARDO FARIA

Marinês ................. NORMÉLIA DUARTE CARNEIRO

Recepcionista da pousada ........... FÁBIO SHAEFFER



Roteiristas

CESAR PILATTI

MÁRIO LEMANSKI



Diretor executivo

DIRCEU EDSON WOMMER




| PRODUÇÃO



Figurinista

SILVANA DAGOSTIN



Diretor de fotografia

SERGIO SANDERSON



Diretores de arte

NELSON JOSEFI

LAIR VIEIRA JUNIOR

SILVANA DAGOSTINI

SOLANGE FERREIRA BUENO



Diretores

CESAR PILATTI

MARCOS FERREIRA



Produtores

ANTONIO MARTENDAL

DIRCEU WOMMER

LAIR VIEIRA JUNIOR



Câmera

NELSON INÁCIO DE OLIVEIRA



Segunda câmera

SÉRGIO SANDERSON



Terceira câmera

CLEITON CAVALHEIRO



Som direto

XENON PINHEIRO



Trilha sonora

CLEVERSON ULIANA



Cenógrafo

NELSON KAVA JOSEFI



Maquete

RUBENS ALFREDO CASTAMANN



Eletricistas

JOSUÉ PETRIU

MILTON LUIZ SPHOR



Maquinistas

ANDRÉ LUIZ TEBALDI

JOSUÉ PETRIU



Fotógrafos still

SEGIO SANDERSON

EDEGAR CAPPELLARI JUNIOR



Cenotécnicos

ÊNIO PÉRTILE

CLAUDIO MATTOS LEMES



Assistentes de produção

ILIANE MANTEZE

LARESSA SAMARA VIEIRA

WALKYRIA PERON XAVIER DALLOGLIO



Assistente de câmera

ALTEMIR ROSSI CARNEIRO



Assistente de som direto

EDEGAR JOSÉ CAPPELLARI JUNIOR



Diretor de elenco de apoio

ALEXANDRE HELFFER



Make up

ROSANA CIVIDINI



Cabelereiras

JANETE ANGELI DE LIMA

ROSANA CIVIDINI



Camareira

GABRIELE WICHOSKI MOREIRA



Cozinheira

JESUINA MENDES HELFER



Motorista

MICHEL BECKER



Costureira

MARIA TEREZINHA DAGOSTIN




| PÓS-PRODUÇÃO



Editores de imagens, som e caracteres

BWA EMPREENDIMENTOS CULTURAIS LTDA

CREATIVE MIDIA



Montagem

JULIO LECH SZYMANSKI



Supervisora técnica

PATRICK EMERY TRINDADE



Marcação de luz

GISELA RIEPENHOFF



Desenho de som

XENON PINHEIRO

LUCIANO VERONESE



Ficha Técnica

  • Cleverson Ulliana

  • Marione Siburski

  • Orquestra

  • Giordana Lube

  • Luciano Veronese

  • Hine Ma Tov

  • Cleverson Casarin Ulliana

    Graduado em Música pela UFRJ, onde recebeu o diploma de Dignidade Acadêmica no grau Summa Cun Laude. Seu mestrado na área de “Musicologia com ênfase em Acústica Musical” deu-se também na Universidade Federal do Rio de Janeiro.


    Participou de vários concursos de piano e Master-Classes.


    Realizou concerto no museu Villa Lobos – RJ.


    Em 2003, realizou seu recital de formatura, onde interpretou músicas de Claude Debussi, Alberto Ginastera, Francisco Mignone, Claudio Santoro e Deponto Kabaleviski.


    Foi o primeiro colocado no Concurso Nacional de Piano do estado do Paraná.


    Primeiro colocado no XVI Concurso de Piano Latino Americano Rosa Mística, também em Curitiba.


    Segundo colocado no Primeiro Concurso Internacional de Piano Honorina Barra.


    Foi considerado o melhor intérprete de Oswaldo Lacerda no XII Concurso Latino Americano Rosa Mística na capital paranaense.


    Participou de várias entrevistas de jornais, revistas e televisão, entre as quais o programa Sem Censura, da rede TVE Brasil; Rádio Nacional; Segundo Caderno, com José Messias; e Programa do Jô Soares, na rede Globo.

  • Marione Siburski

    Ganhadora de vários festivais, Marione foi escolhida pela beleza de seu timbre para interpretar a música de trabalho do filme O Monte Carmel. A decisão de colocar uma letra na música “Os amigos não dizem adeus” foi aceita com facilidade pelo compositor Cleverson Uliana e como nós já tínhamos a letra da música foi tudo muito natural e bem aceito pelas pessoas que a acessaram no YouTube. A repercussão também foi imediata após apresentação da trilha do filme no Teatro Municipal de Toledo.

  • Orquestra Sinfônica
    de Cascavel

    Em junho de 2003, um grupo de músicos se reuniu para dar início a uma orquestra em Cascavel. Inicialmente, denominou-se de Orquestra Filarmônica Oficina, pois seu primeiro lugar de ensaio era uma oficina de conserto de ferramentas, a FEMAQ – Conserto de ferramentas. O espaço tornou-se pequeno e passaram a ensaiar num barracão desocupado. Em busca de apoio, encontraram o Colégio Santa Maria, que se tornou parceiro fundamental da Orquestra. Em 13 de julho de 2008, a Prefeitura de Cascavel, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, percebendo a importância e principalmente a qualidade da Orquestra, convidou-os para representar o Município, tornando-se então a Orquestra Sinfônica de Cascavel, sob a regência da Maestrina Giordana Galvan Lube, que desde a fundação dirige o grupo. A Orquestra Sinfônica de Cascavel vem se apresentando em eventos de gêneros variados, como formaturas, seminários e congressos, trazendo alegria e descontração aliados à cultura e à arte. Promove, ainda, concertos didáticos e beneficentes atendendo ao objetivo de ampliar o conhecimento de todos acerca de uma das artes mais antigas da humanidade.

  • Giordana Galvan Lube

    É professora de música desde 1995. Regeu diversos grupos instrumentais na cidade de Cascavel. Em 2003, fundou com outros músicos a Orquestra Filarmônica Oficina, iniciativa privada que deu origem à Orquestra Sinfônica de Cascavel, da qual é regente desde o início.


    A partir de 2004, passou a ser coordenadora pedagógica e artística do Festival de Música de Cascavel.


    Em 2006, fundou a Orquestra de Flauta Doce, onde atua até hoje como maestrina. Giordana é ainda docente do Curso de Música da Faculdade UNIPAN/Anhanguera de Cascavel.

  • Luciano Veronese

    Lu Veronsese possui um portfólio riquíssimo. Já tocou na Europa, e no Brasil tocou com Allan Botinski e grandes músicos brasileiros. Arranjador e compositor, Luciano trabalhou no desenho de som do filme O Monte Carmel com Xenon Pinheiro. Luciano contribuiu enormemente com este filme.

  • Hine Ma Tov

    Hine Ma Tov é uma canção hebraica que tem mais de 2500 anos. É uma canção muito bonita e que tem um significado importante. Na verdade, é possível encontrá-la na Sagrada Escritura no livro de Salmos 133, 1. No segundo semestre de 2009, tivemos a grata alegria de encontrar o músico Magbid Abdel Aziz, que estudava a musicalidade brasileira. Aziz coloca junto à canção não apenas sua bela voz, mas também uma linda mensagem de paz. O arranjo ficou por conta de Douglas Kraut; somam-se ainda as vozes femininas da cantora Edvânia Savani e da musicista Ir. Denise. O único instrumento é um violão tocado pelo músico Edegar José Cappellari. O resultado é um trabalho feito com amor e respeito. Judeu, Muçulmano e Cristão, todos unidos pela fé Abraamica numa só voz.

Trilha Sonora

  • Press kit

  • Clipping

  • Making Of

  • Apoio Cultural

  • Acredito que poucas vezes na história do cinema houve tanta dobra de turno a ponto de trocar a data da claquete sem deixar as gravações. Sabemos que isso não é o mais indicado, mas só assim seria possível chegar ao fim da rodagem do filme. Outro fato interessante era pendurar as uvas nos parreirais. São coisas que certamente não esqueceremos. Outro fator foi o desempenho da nossa figurinista Silvana Dagostin que, depois de algumas reuniões, decidiu varrer os brechós de Cascavel, região e Curitiba. A decisão foi acertada, pois as roupas carregavam consigo a marca do tempo; eram panos puídos, memórias em tecido. O resultado foi maravilhoso.

    Jornalista responsável: Julio Szymanski

    juliolech@filmeomontecarmel.com.br

  • Televisão

    Jornal

    Web

  • DR. JORGE LUIZ SANTOS

    JOÃO SIMEIRO

    EDUARDO FRANÇA

    SÉRGIO ZANDONÁ

    ROBERTO PELIZETTI

    HARBOR QUERÊNCIA HOTEL

    GASTROCLÍNICA CASCAVEL

    SEVERINO FERRARINI

    MARCOS ÚRIO

    HELISUL TÁXI AÉREO

    JOÃO LUIZ FÉLIX

    DILSO SPERAFICO

    JOÃO PAULO/PROGRAMA TEMPERO

    TRANSPORTADORA PRA FRENTE BRASIL

    PLACACENTRO

    SUPER BEAL

    DIMEBRAS

Sala de Imprensa

en
Libre.ag